Adesivo Anticoncepcional – Vantagens e Desvantagens

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Para as mulheres que não desejam engravidar agora e buscam por mais comodidade e facilidade na prevenção de uma gestação indesejada, a cada dia, novos métodos inovadores vão sendo vendidos no mercado. Entre as opções mais procuradas no momento por esse tipo de mulheres, está no topo da lista o adesivo anticoncepcional ou também conhecido como adesivo transdérmico.

Por ser totalmente diferente dos métodos convencionais hormonais (pílula anticoncepcional e injeção hormonal), o método ainda causa muitas dúvidas e medo sobre sua eficácia. Mas se utilizado da forma correta e sob orientação do seu ginecologista, as chances de falhas são idênticas aos demais métodos, oferecendo uma eficácia de 99,9%.

O que é o Adesivo Anticoncepcional?

O adesivo anticoncepcional é um pequeno adesivo, parecido com um esparadrapo que possui em sua composição os hormônios estrógeno e progesterona. Esse pequeno adesivo, em contato com a pele, tem a função de liberar pequenas doses diárias desses hormônios de forma continua entrando na corrente sanguínea e agindo diretamente na ovulação, impedindo que os óvulos sejam liberados. Além de impedir a ovulação, outra função é de deixar o muco cervical mais espesso, impedindo que os espermatozoides cheguem até o óvulo.

Como o adesivo anticoncepcional não é transparente, deve ser colocado em uma área do corpo que fique escondida com a roupa, caso não queira deixar em evidência. As partes mais indicadas para colar o adesivo são: parte superior das nádegas, costas, parte debaixo da barriga ou parte externa do braço.

Antes de decidir pelo melhor método contraceptivo, sempre converse com seu ginecologista sobre todas as opções e a melhor opção para você, seu corpo e sua rotina. O adesivo anticoncepcional é uma das melhores opções para as mulheres que possuem uma rotina agitada e com isso podem vir a esquecer de tomar ou usar os métodos contraceptivos que precisam ser ingeridos diariamente.

Como Usar o Adesivo Anticoncepcional

Se você não fazia uso de nenhum outro método contraceptivo hormonal, o adesivo anticoncepcional deve ser colocado no primeiro dia menstrual. Mas se já faz uso da pílula anticoncepcional por exemplo, deve colocar assim que terminar a cartela de pílulas, antes de descer a menstruação.

Veja o melhor lugar a colocar o adesivo, após escolhido, descole a parte superior dele e aplique diretamente na pele, garantindo que tenha sido colado perfeitamente. O adesivo anticoncepcional deve permanecer no mesmo local colado na pele por sete dias, completando esse prazo, deve ser retirado e um novo ser colocado para substituir.

Esse processo de substituição do adesivo anticoncepcional deve ser feito por 3 semanas, totalizando no uso de 21 dias. Após esse prazo é necessário dar uma pausa de uma semana para que a menstruação ocorra. Após completar uma semana de pausa, inicie todo processo de colocação do adesivo contraceptivo.

Se o Adesivo Contraceptivo Soltar, o que Fazer?

O adesivo anticoncepcional foi desenvolvido e produzido para aderir na pele por um período de 7 dias, mas pode ocorrer de se desprender da pele acidentalmente ou até mesmo perder a aderência por alguns fatores. Nesse caso, é necessário substituir com um novo adesivo imediatamente, não deixando passar o prazo de 24 horas para que não perca a eficácia do método.

Se passar do prazo de 24 horas sem o adesivo contraceptivo será necessário utilizar outro método contraceptivo até completar uma semana e colocar o novo adesivo anticoncepcional. Nesse caso, recomendamos o uso do preservativo masculino ou feminino, que é provisório e pode ser utilizado durante todas as relações sexuais. Lembrando que, a camisinha não só serve para evitar uma gestação indesejada, mas protege homens e mulheres de adquirir doenças sexualmente transmissíveis, como as DST’s.

Vantagens e Desvantagens do Adesivo Anticoncepcional

Como todo e qualquer método contraceptivo, existem as vantagens e desvantagens em seu uso. Por isso é necessário ter conhecimento de todos os benefícios e possíveis efeitos colaterais antes de optar por um método contraceptivo. Obviamente, os efeitos colaterais são riscos e que muitas mulheres passam por longos anos usando o método e nunca passam por ele. Por isso depende muito do organismo de cada uma, e como ele reagirá ao método.

  • Método altamente eficaz e seguro;
  • Fácil colocação e remoção;
  • Pode ser colocado em casa;
  • Não é necessário lembrar todos os dias;
  • Sem interrupções nas relações sexuais;
  • Tem durabilidade de 7 dias (necessária substituição a cada 7 dias);

Desvantagens

  • Mesmo em locais mais discretos, o adesivo fica visível;
  • Pode se soltar ou cair no decorrer dos dias;
  • Pode causar vermelhidão ou alergia na área aplicada;
  • Pode causar dores de cabeça e mudanças de humor;
  • Pode causar alterações no ciclo menstrual;
  • Pode causar alterações no peso;
  • Não protege de doenças sexualmente transmissíveis.

Devo Usar o Adesivo Sempre no Mesmo Lugar?

A área escolhida para aplicação do adesivo contraceptivo não precisa ser sempre a mesma. Aliás, é recomendado que a cada semana o adesivo seja colocado em uma região diferente do corpo. Tente variar entre parte baixa da barriga, nádegas, costas e parte de fora do braço. Não é recomendado que seja utilizado na área dos seios.

Dicas Para Reduzir a Chance de Soltar o Adesivo Anticoncepcional

Para utilizar corretamente o seu adesivo contraceptivo e reduzir as chances dele se soltar com facilidade, sempre o aplique na pele limpa e seca. Jamais utilize óleos hidratantes, cremes, loções e qualquer tipo de maquiagem em cima e próximo a região onde se encontra o adesivo. Todos esses produtos podem atingir a eficácia do adesivo, fazendo com que a cola perca seu efeito sobre a pele e desgrude facilmente.
Foto: BruceBlaus



Fonte: Trocando Fraldas

Mais Matérias