Carie dentária: Principais Causas, Sintomas e Tratamentos

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quando falamos sobre visitar um dentista, um dos principais problemas que pretendemos prevenir são as famosas cáries. Isso porque elas são as principais causas de dores de dente no mundo inteiro, além de também poderem evoluir para quadros realmente graves quando não tratadas de maneira correta. Por essa razão, no texto de hoje iremos abordar tudo o que você precisa saber sobre cárie dentária. O que elas são, por que devem ser tratadas e como funcionam esses tratamentos. Quer saber mais? Confira agora!

O que são Cáries Dentárias? Como elas surgem?

A carie dentária é um problema que ocorre quando há um acumulo grande de placa bacteriana em nossos dentes. Certos tipos de alimentos, como os muito ácidos e, principalmente, os açúcares, fazem com que tais placas bacterianas tenham uma reação química que facilita seu ataque aos dentes, enfraquecendo o esmalte e, consequentemente, criando uma carie.

Certos tipos de cáries costumam ser mais comuns em crianças devido ao fato de elas estarem aprendendo a escovar os dentes e, muitas vezes, não realizarem essa tarefa da melhor maneira. Nesses casos, cabe aos pais supervisionar e evitar que problemas como esse apareçam.

Bactérias causadoras das cáries podem também ser transmitidas de uma pessoa para outra, através de beijos ou mesmo da divisão de talheres e copos, por exemplo. Ainda assim, se uma pessoa adquire essa bactéria e possui uma boa higiene bucal, é muito improvável que ela tenha problemas nesse sentido.

Como as cáries se desenvolvem?

As cáries podem se desenvolver basicamente de três formas. São elas:

  • Na Superfície dos Dentes
  • Entre os Dentes
  • Na Raiz dos Dentes

Vamos falar sobre como cada uma delas ocorre para que você tenha uma ideia maior de como elas se formam.

Na Superfície dos Dentes

Esse talvez seja o tipo de cárie mais comum e mais fácil de ser tratado. Ela ocorre na superfície, ou seja, na parte dos dentes que usamos para morder. Ela ocorre com mais facilidade porque é exatamente nessa região que a maior parte dos alimentos fica grudada e tende a desenvolver a placa bacteriana quando não a escovamos de maneira correta.

Entre os Dentes

Esse tipo de cárie normalmente ocorre quando a placa bacteriana se acumula em lugares onde o acesso para escovar é mais difícil, o que acaba também facilitando para que ela cresça. Por essa razão, utilizar outros meios de limpar os dentes como o fio dental e os enxaguantes bucais é tão importante para prevenir que qualquer tipo de problema ocorra.

Na Raiz dos Dentes

Esse tipo de cárie é mais comum em pessoas que possuem gengivas menores, mas pode ocorrer com qualquer um. De todas as citadas aqui, ela é a mais complicada de se tratar, já que exige um tratamento muito mais delicado. É também o tipo de cárie que normalmente causa mais dores.

Sintomas da Carie

Identificar uma cárie não é uma tarefa muito difícil, uma vez que ela apresenta diversos sintomas bastante característicos, como:

  • Dores agudas no dente em que a carie se encontra
  • Pequenos furos no dente cariado
  • Sensibilidade no dente cariado
  • Manchas brancas ou marrons no dente cariado
  • Gengiva inchada ou mesmo dolorida

Ao sentir qualquer um desses sintomas, é importante consultar um dentista o mais rápido possível para que você inicie um tratamento e evite que esse tipo de problema evolua para quadros ainda mais perigosos, como um canal dentário, por exemplo.

Tratamento para Cáries

Existe apenas uma maneira conhecida para se tratar as cáries, que a famosa restauração. Esse procedimento tem como principal objetivo fazer com que o dente afetado por uma cárie volte ao normal. Para isso, o dentista “abre” o dente e chega até a parte que está afetada. A partir desse ponto, se inicia um processo de limpeza, que pode demorar mais ou menos tempo, dependendo do nível em que a cárie se encontra.

Depois disso, o dentista sela o dente. Tal selamento pode ser feito com diversos tipos de material, que variam desde uma simples resina até mesmo ouro. Porém, é muito comum que as restaurações sejam feitas com porcelana por uma questão estética, já que esse material possui uma consistência e cores parecidas com as de nossos dentes.

Como já dissemos, a duração de uma restauração pode variar de acordo com a cárie, mas ela dura normalmente menos de uma hora. Se uma pessoa possui muitas cáries, é comum que ela precise fazer várias consultas ao dentista para que toda as restaurações sejam feitas de maneira correta.

Como prevenir as Cáries?

Apesar de existir o tratamento, é importante prevenir que as cáries apareçam, já que elas podem causar dores e incômodos que nos atrapalham a viver normalmente. Para prevenir esse tipo de problema, algumas medidas devem ser tomadas, como:

  • Escovar os dentes após todas as refeições, ao acordar e antes de dormir
  • Usar o fio dental todos os dias
  • Usar enxaguantes bucais
  • Visitar uma dentista pelo menos uma vez a cada 6 meses

Com essas simples atitudes você evita que as cáries surjam e, consequentemente, todos os problemas que elas podem trazer.

Cáries são problemas bastante comuns, mas que não devem aparecer com frequência em sua vida. Saber como prevenir é a melhor forma de poder viver uma vida saudável, comendo o que gosta aproveitando a vida como deve ser. Essa é a maneira mais eficaz de fazer com que esse tipo de problema não se torna uma grande questão em sua vida. Afinal, todos nós queremos viver bem e com uma boa saúde bucal.



Fonte: Trocando Fraldas

Mais Matérias