Como fazer a escolha da maternidade?

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O momento do nascimento do bebê é inesquecível e único, como um verdadeiro conto de fadas. Por outro lado, é também um instante muito delicado porque muitos imprevistos e surpresas podem acontecer. Claro que ninguém quer que ocorra algum tipo de complicação na tão sonhada hora do parto e, por conta disso, a escolha da maternidade é um passo importante. 

Ao fazer a escolha da maternidade, os pais devem, antes de tudo, avaliar as estruturas e as condições que são oferecidas, além de todo o suporte que vai ser provido. Algumas questões são essenciais de serem esclarecidas antes, com o intuito de que tudo saia conforme o planejado.

Como forma de ajudar às futuras mamães a darem esse passo, separamos alguns itens que devem ser levados em consideração antes de tudo. Além disso, dedicamos um tópico exclusivo para explicar a diferença entre hospital, maternidade e hotel. Boa leitura!

Neste artigo você vai encontrar:

Escolha o meio: convênio, rede pública ou atendimento particular

Caso a mãe tenha um convênio médico, é recomendável que ela se atualize de todos as maternidades que são conveniadas. Ainda, saber quais são os serviços cobertos pelo convênio: tipo de quarto, cobertura de atendimento em UTI para ela e para o bebê, exames ou vacinas para o bebê, alimentação para o acompanhante, medicamentos que possa precisar, entre outros. É importante saber se será cobrado algum valor extra e, se sim, qual vai ser o valor. Ninguém quer ser surpreendido quando sair da maternidade com o baby nos braços, não é?

Se for pela rede pública (SUS), é interessante a mãe pesquisar e se informar sobre as maternidades disponíveis que ela deseja dar à luz. Em geral, o critério utilizado é a localização da mãe em relação ao local. Caso a mãe opte por ter parto normal/natural, a Casa Ângela, localizada em São Paulo, segue essa linha e pode ser uma boa opção.

Faça visitas às maternidades

Para sanar qualquer dúvida entre as maternidades disponíveis, muitas delas aceitam visitação. A grande maioria possui uma agenda online, que você escolhe o dia e horário que deseja comparecer. Eles realizam uma visita guiada e tiram qualquer dúvida que você possa ter. Visitar as maternidades e conhecer as vantagens e desvantagens de cada uma delas, as instalações, pode deixar você mais calma e segura nesse momento.

Nesse momento, é interessante avaliar se a maternidade possui uma equipe de plantonistas, caso o parto não tenha dia e nem hora marcada; UTI, certificação de qualidade e outros serviços disponíveis.

Serviço de plantão

Nem todas as mães marcam data e hora para fazer o parto. Algumas até marcam, mas o neném pode querer nascer antes do tempo desejado. Algumas preferem esperar que a bolsa estoure. Pode ser que o médico escolhido não consiga fazer seu parto, e agora? Para esses casos, algumas maternidades contam com um serviço de plantão 24 horas por dia. Até que chegue seu médico, a equipe pode fornecer apoio; caso ele não consiga comparecer, poderão até fazer o parto. Fique preparada para isso.

UTI

Saber se a maternidade possui UTI adulto e neonatal é muito interessante, pois alguns partos podem se complicar e, talvez, seja necessário um apoio mais intenso já que a saúde da mãe e do bebê é crucial nesse momento.

Certificação de qualidade

A “acreditação” é uma certificação de qualidade do ambiente hospitalar. Se a maternidade que que você escolheu é acreditada, não tem do que se preocupar. Esse certificado é validado por empresas que avaliam as instalações do ambiente hospitalar, trabalho e qualidade de atendimento.

Apoio na amamentação

Caso a mãe tenha desejo de amamentar o seu filho, algumas instituições possuem uma equipe qualificada de consultoras de amamentação que estão aptas a te ajudar nessa nova fase, em como amamentar corretamente o seu filho, fazer a “pega” correta, mostrar qual posição é melhor, bem como os primeiros cuidados com o bebê. Afinal, para as mães de primeira viagem, qualquer ajuda é bem-vinda nesse universo totalmente novo.

Busque recomendações para fazer a escolha da maternidade

A recomendação de pessoas de confiança na hora da dúvida é o que faz a diferença. Ouvir de familiares e amigos suas opiniões sobre as maternidades, saber como foram as suas experiências, pode ser um fator decisivo na escolha da maternidade. Procure também conversar com as mamães, inclusive as de sua região, para saber se alguma já teve bebê na maternidade que deseja e como foi esse momento.

Escute seu médico

Dê uma atenção especial à indicação médica da maternidade específica. Se o seu médico indicar a melhor maternidade, não fique em dúvidas. Se o seu médico já conhece a maternidade, a equipe, os equipamentos, os enfermeiros, com certeza será a melhor escolha. 

Durante o parto, alguns médicos podem cobrar uma taxa de deslocamento. Assim, vale a pena, na hora da consulta, conversar com ele sobre isso e realmente saber que ele cobra alguma taxa extra (além de já pagar o convênio médico).

Defina o tipo de parto

Escolher o tipo de parto desejado pode fazer que algumas opções de maternidades sejam excluídas. Se a mãe deseja ter um parto mais humanizado, deve pesquisar instituições que oferecem esse serviço.

Dessa forma, a escolha do tipo de parto também pode influenciar no médico que você vai escolher. Existem médicos que são cesaristas, existem médicos que apenas fazem parto normal e seguem nessa linha. 

Nos dias de hoje, maternidades grandes têm salas específicas para os dois tipos de parto, a cesárea e o parto normal. Essas salas são diferentes. A sala em que é feita a cesárea é uma sala de cirurgia, com todos os equipamentos de fácil acesso ao médico. A sala de parto normal ou natural é diferente porque muitas vezes nela o ambiente é mais amplo, algumas com banheira disponível, bola, etc, e algumas delas pode rapidamente se converter em um ambiente cirúrgico. São equipadas de forma diferente.

Atente-se à localização da maternidade

Ao escolher a maternidade, é importante levar em consideração locais próximos de casa ou do trabalho. Grandes cidades tendem a ter trânsito em certos horários, então, na hora do desespero não adianta querer chegar no local em cima da hora.

Conheça os serviços de maternidade e hospital

Existe diferença entre hospital e maternidade. É muito importante se atentar a isso antes de escolher o local que você irá ter seu baby nos braços. A maternidade pode ser em conjunto com o hospital, no mesmo prédio inclusive. 

Mas o que isso tem a ver? Quando é dividia a maternidade com hospital, no mesmo ambiente, a chance de se adquirir uma infecção pode ser maior por haver maior número de doentes circulando no mesmo local. Quando a maternidade é isolada, sendo apenas maternidade, o índice de infecção pode ser menor. Claro que isso não é um fator determinante para a escolha do local ideal. É tudo muito relativo e varia de local para local e de como é feita a limpeza e esterilização do ambiente.

Preparativos

Existem hospitais que fornecem até serviço de decoração para o grande momento, preparando um ambiente embutido no quarto da mãe para receber a família. Se a mãe desejar e tiver condições de custear tudo isso, não há o que se pensar. Afinal, esse momento é único, e não há nenhum problema se a mãe quiser ser tratada como se estivesse em um hotel 5 estrelas. No final das contas, o que importa é a mãe escolher um local que sinta empatia e segurança.

Principais maternidades

A seguir, listamos algumas das melhores maternidade do Brasil, divididas por algumas cidades das capitais:

  • São Paulo: Hospital São Luiz; Maternidade Pro Matre Paulista; Hospital e Maternidade Santa Joana; Hospital Santa Catarina; Hospital Israelita Albert Einstein; Casa Angela. 
  • Rio de Janeiro: Maternidade Perinatal; Casa de Saúde São José; Hospital Pasteur. 
  • Belo Horizonte: Mater Dei; Hospital Sofia Feldman. 
  • Salvador: Hospital Aliança; Maternidade Santamaria; Hospital Santo Amaro; Porto Alegre; Hospital Mãe de Deus; Hospital Moinhos de Vento.

Para concluir… 

Para concluir, a escolha da maternidade é muito importante para a mãe, pois é nela que irá ocorrer o momento mais importante de sua vida, a chegada do seu tão sonhado bebê. 

Dessa forma, visitar a maternidade, escutar o seu médico e ouvir opiniões de conhecidos pode ser um fator decisivo para, finalmente, escolher o local do grande momento da sua vida. 

Outros pontos a serem levados em consideração são: saber se o hospital faz o tipo de parto que deseja e conhecer a linha de parto a ser seguida. Tais aspectos são é essenciais  para que não haja frustrações nesse dia inesquecível. O que importa, acima de tudo, é fazer a escolha da maternidade de modo com que os pais se sintam confiantes, seguros e confortáveis. 

Se você é uma mamãe que gosta de se manter atualizada sobre o universo da maternidade, siga nossa página no Instagram e no Facebook. Esperamos você por lá!



Fonte: Lá vem bebê

Mais Matérias