Dor Lombar na Gravidez: Tudo o que você precisa saber

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O corpo de uma mulher é constituído para que uma vida possa ser gerada nele, mas isso não significa que as mudanças que acontecem não a afetem negativamente. É muito comum, por exemplo, presenciarmos casos de mulheres que possuem dor lombar na gravidez. E se isso é uma coisa normal, é claro que existem não apenas tratamentos, mas também formas de evitar que elas ocorram, ou que pelo menos não afetem tanto a vida de uma grávida. Vamos abordar todos esses assuntos no texto de hoje. Então, se você quer entender mais sobre essa questão, leia até o fim!

Dor na Lombar pode ser gravidez?

Uma dúvida que muitas mulheres possuem é se a famosa dor na lombar pode ser um sintoma da gravidez. Esse tipo de dor é até bastante comum em gravidas, mas acaba ocorrendo por conta do crescimento da barriga, como veremos a seguir. Portanto, é muito difícil que esse sintoma por si só indique gravidez. Outras coisas como o atraso da menstruação, inchaço nos seios, alterações no paladar e aumento da necessidade de urinar são sinais mais claros de que você pode estar grávida. É claro que, em alguns casos, pode sim existir dor lombar no início da gravidez, ainda no primeiro trimestre. Entretanto, esse tipo de dor pode ter muitas outras origens, principalmente se uma mulher não sabe que está grávida.

Por que a Dor Lombar na Gravidez acontece?

É muito importante entender por que a dor lombar, ou lombalgia, ocorre na gravidez. É assim que você conhece melhor o seu corpo e aprende a prevenir ou tratar de problemas como esse.

Quando uma mulher engravida, seu corpo começa a mudar instantaneamente. Essas mudanças vão ficando maiores com o passar do tempo. E mais visíveis também, por conta do crescimento do bebê e do consequente aumento do útero e da barriga da mulher. É exatamente esse aumento da barriga que faz com que o centro de gravidade da mulher se desloque, o que faz com que muitos músculos – incluindo os lombares tenham que fazer uma força além do comum. Além disso, as alterações hormonais que uma mulher gravida sofre acabam enfraquecendo certos músculos e articulações, o que também faz com que dores ocorram com mais facilidade.

As dores lombares são mais intensas no fim da gravidez, por conta do aumento da barriga e do peso da mulher. Mas para evitar que isso aconteça, uma mulher pode tomar diversas atitudes desde o início da gravidez. E é exatamente sobre isso que falaremos a seguir.

Como aliviar as Dores Lombares na Gravidez?

Agora que você já entendeu os motivos pelos quais a dor lombar na gravidez ocorre, vamos dar algumas dicas importantes para alivia-las e fazer com que você tenha uma gestação muito mais tranquila. É claro que isso não vai necessariamente fazer com que elas sumam completamente, mas com certeza pode ajudar em momentos mais difíceis. As principais formas de aliviar as dores lombares na gravidez são:

  • Exercícios Físicos
  • Usar assento com Suporte para as Costas
  • Evitar forçar a Lombar
  • Fazer Massagens

Vamos falar mais profundamente sobre cada uma dessas maneiras e mostrar como elas podem ser úteis para quem possui esse tipo de dor.

Faça exercícios físicos

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, exercícios físicos podem ser benéficos para mulheres grávidas de diversas maneiras. Diversos tipos de exercícios como caminhada, hidroginástica, alongamentos e até levantamento de peso, podem ajudar a fortalecer a musculatura do corpo da mulher e fazer com que as dores sejam diminuídas. É claro que é necessário tomar as devidas precauções e apenas praticar exercícios recomendados especificamente para grávidas, já que excessos podem ter o efeito contrário e piorar as dores lombares.

Use Assentos com Suporte para as Costas

A posição na qual uma mulher se senta normalmente tem forte impacto nas dores lombares que ela sente durante a gravidez. Por isso, além de prestar muita atenção na posição com que você senta, é importante tomar certas precauções, como o uso de suportes para as costas nas cadeiras e assentos que você usar. Dessa forma, você consegue fazer sua lombar descansar quando está sentada e não força nenhum nervo ou músculo demais, o que evita que as dores ocorram. É claro que essa técnica não funciona como uma cura imediata, mas é importante que seja feita como forma de prevenção ou para evitar que as dores se agravem.

Evite forçar a Lombar

Ficar em pé por tempo demais ou caminhar por longas distâncias pode ser bastante prejudicial para quem sofre de lombalgia na gravidez. Além de agravar esse, isso também pode acabar gerando outros problemas, como o desgaste de certos músculos ou a inflamação de outros nervos. Portanto, evitar fazer qualquer tipo de exercício ou atividade que exija demais da sua lombar pode ajudar a evitar que essas dores ocorram.

Preste Atenção no uso dos Sapatos

Muitas mulheres não percebem o quanto o uso de determinados tipos de sapatos pode ser prejudicial para grávidas. Além de muitos deles ficarem mais apertados por conta do inchaço natural dos pés de uma mulher durante esse período, alguns deles podem forçar a lombar sem você nem perceber. Isso vai muito além de não usar salto alto na gravidez. O mais indicado é que, nesses casos, não se use nenhum tipo de salto e que se dê preferência para sapatos mais confortáveis, finos e até mesmo ortopédicos, se possível.

Faça Massagens

Uma das formas mais eficientes (e relaxantes) de aliviar a dor na lombar na gravidez é fazer massagens especificas para essa região. O ponto positivo é que a massagem pode não apenas aliviar a dor, mas também ser benéfica para aliviar a tensão que é muito comum nesse período, o que consequentemente ajuda a evitar diversos outros tipos de problema.

O Bebê pode ser prejudicado?

Essa é uma dúvida que acaba preocupando muitas mulheres, mas que possui uma resposta simples. Não existe nenhuma relação direta entre uma dor na lombar durante a gravidez e o desenvolvimento do bebê. Ainda assim, essas dores podem ser prejudiciais para a mulher em diversos sentidos e fazer com que isso acabe sendo refletido na gestação, principalmente se a dor for tão intensa que medicamentos tenham que ser recomendados pelo obstetra para que ela seja aliviada.

Por essa razão, tomar as medidas necessárias de precaução para que as dores não se intensifiquem e fazer de tudo para que elas sejam aliviadas é algo positivo não só para que você possa ter uma gravidez mais tranquila, mas também para evitar que o bebê acabe sendo afetado, mesmo que indiretamente.

O fato de uma mulher estar preocupada com dores lombares na gravidez é sinal de que elas podem estar incomodando. E mesmo que elas não afetem diretamente o bebê, é importante cuidar disso e garantir que sua gestação seja marcada majoritariamente por lembranças positivas e não por dores que te impediram de ter uma vida normal. Por essa razão, nossa recomendação é que você sempre procure um médico quando dores como essas te incomodarem muito, além de tomar todas as atitudes para aliviar as dores lombares na gravidez que citamos aqui. Dessa forma, esse período tão especial na sua vida vai com certeza deixar mais lembranças boas do que dolorosas.



Fonte: Trocando Fraldas

Mais Matérias